Rakiram - Centro de Terapias Integradas

quemsomos



QUEM SOMOS?

O Rakiram Centro de Terapias Integradas é um espaço que se propõe a orientar o ser humano no campo espiritual e material oferecendo para isto uma série de instrumentos que vão desde a terapia individual e de grupo até encontros vivenciais de autoconhecimento e de formação terapêutica. Proporciona ainda uma caminhada espiritual através de grupos de meditação e prática Zen.


OBJETIVOS

Cuidar da saúde física, emocional, mental e espiritual;

Orientar para a realização pessoal através do encontro com a essência divina existente em cada um;

Repensar conceitos e crenças qua atrapalham o bem viver;

Simplificar a maneira de viver através da prática do desapego ao passado e da valorização do presente e da conexão com a natureza;

Auxiliar através de técnicas e instrumentos terapêuticos a reorientação do campo de energia humana.


O QUE É O RAKIRAM?

O Rakiram tem por princípio teórico auxiliar o crescimento individual do ser humano, baseado na premissa holística de que somos a materialização de uma energia que veio a este mundo fazer uma caminhada de aperfeiçoamento, rumo à iluminação. Parte do pressuposto que a evolução espiritual individual e do Planeta acontece através da tomada de consciência da essência divina que há em cada ser.

Acredita que o caminho de desenvolvimento espiritual passa pelo saber viver em harmonia, pela qualidade de vida, de relacionamentos, de trabalho, pela capacidade de viver o presente, de aceitar a vida e as pessoas como são, de ter a mente alerta, ser verdadeiro em suas intenções e de tratar o outro com respeito e humildade. O Rakiram não é uma religião, não possui dogmas ou ritos. É uma filosofia de vida de base espiritualista que acredita na transformação do carma em darma pelo esforço consciencional e pela prática disciplinada.

O nome Rakiram quer dizer “raio de canalização prana em expansão” e baseia-se nas iniciais dos três Mestres Radamés, Ramatis e Kiriam, que permitiram a canalização desta prática e que cuidam da estrutura, técnicas de cura e da evolução cósmica deste trabalho.

Enquanto método o Rakiram utiliza-se de vários instrumentos e técnicas que visam acolher amorosamente os indivíduos através do desenvolvimento de um coração compassivo e seguir as manifestações comportamentais e espirituais de cada um para ajudá-lo na transformação necessária. Manifesta-se como um trabalho de reorientação àqueles que, por vários motivos, percebem ter se desconectado de seu eu interior, de sua essência e missão nesta vida.

Para isto trabalha com o olhar para dentro de forma questionadora, crítica e aberta e a isto chama autoconhecimento. Utiliza técnicas vivenciais (oferecendo cursos que trabalham com os diversos corpos sutis) e de imposição de mãos com a canalização de prana da terra, do ar e do sol. Acredita que a renovação e dosagem de prana (raio de canalização e raio de expansão) em cada corpo sutil desbloqueia registros e traumas como medos, culpas e outros sentimentos e comportamentos que formam padrões repetitivos negativos, estes tendem a envolver a pessoa numa energia densa que não lhe permite ter clareza quanto as suas atitudes, desejos e propósitos de vida. Crê ainda que a renovação consciente do plana concomitante com a mente alerta, proporciona a cura em diversos níveis e é ainda preventiva para muitas doenças.

Luis Lacerda

Mestre Rakiram e Reike, sócio-proprietário


Tanto nas vivências que escolhe como instrumento de abertura para este olhar para dentro, como nas técnicas meditativas e na de imposição de mãos prega a necessidade do indivíduo estar disposto a aceitar o tratamento, desvendar suas crenças e despir-se de suas máscaras. O Rakiram iniciou há 26 anos, canalizado pelo mestre Luis de Lacerda, b rasileiro, nascido em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 22 de novembro de 1952.

Como todo o trabalho desta natureza, está em constante aperfeiçoamento e renovação assimilando novos conteúdos e práticas que tenham uma base ética onde em primeiro lugar se encontre a valorização do ser humano.

No que se refere aos terapeutas formados dentro do método, o saber ouvir, acolher com humildade e compaixão, o seguir o indivíduo sem julgamento para auxiliar na transformação, são os pré-requisitos básicos para fazer esta caminhada.

O Rakiram não tem a pretensão de substituir outros tipos de tratamento sejam eles médicos, psicológicos ou alternativos e coloca-se como mais uma possibilidade de auxílio à disposição da sociedade para acelerar processos de cura.